< Voltar à atuação

18 de abril de 2017

A UCB está de cara nova! Vem ver! :)

Olá, todas e todos,

Estamos passando aqui para dizer uma coisa maravilhosa: a UCB está de cara (e corpitcho) nova, e é com alegria e entusiasmo que compartilhamos com vocês, em nome do Departamento de Comunicação, a nossa nova marca!

Chegar a esse resultado foi um processo bastante longo e rico, onde consideramos impressões compartilhadas entre vários atores envolvidos no processo.

A UCB, ao mesmo tempo que se relaciona e apoia as instituições que estão “na rua”, na linha de frente do cicloativismo com incidência local, precisa expressar essa nova fase que se consolidou – em especial no último ano, com projetos fortes e consistentes de incidência no processo de debate, planejamento e elaboração de políticas públicas ligadas à bicicleta, mas ainda querendo ser identificada com sua origem ativista e tendo a bici, ou parte que a represente, como um elemento de destaque.

A nova tipografia traz a sigla UCB com relevância, força e forma muito características, marcantes. É essencial que isso seja transmitido, uma vez que não somos a única instituição do Brasil a fazer uso da sigla “UCB”. O C alongado foi inspirado na corrente da bicicleta.

A marca traz como “elemento bicicleta” uma relação estilizada, em conjunção com o C de UCB. Esse é conjunto que na bici transforma a energia humana em movimento – uma representação importante para uma instituição também movida à propulsão humana. Ou seja, o C estilizado valoriza o que a UCB tem de mais forte: pessoas, Ciclistas.

Não queríamos trazer como símbolo o desenho de uma bicicleta inteira, que poderia permitir uma associação direta com um nicho, a depender do tipo de bicicleta representado. Sempre foi uma preocupação nossa não criar esse nicho – por exemplo, ter uma mountain bike e ser associado ao uso da bicicleta apenas como esporte, ou uma bicicleta urbana que parecesse apenas um símbolo cycle chic, com possibilidade de ser excludente, e assim por diante.

Também era uma necessidade não apresentar nenhum tipo de figura humana, para não termos um símbolo atrelado a um binário homem/mulher, ignorando todas as outras identidades de gênero, sob risco de reforçar visualmente a desigualdade de gênero que sabemos enfrentar tanto no universo do cicloativismo, bem como no uso da bicicleta pelas mulheres nas cidades.

O pedivela/coroa representam também uma rua, lugar que acreditamos ser direito do ciclista estar, com respeito aos menores e sendo respeitado pelos maiores. Na nossa cidade do futuro, mais humana, é feita a partir dessas ruas locais, múltiplas e vivas nas quais queremos nos (re)conhecer como seres urbanos, circulando em espaços amistosos, de modo compartilhado.

Ficamos bastante felizes pela escolha da cor verde, nesse tom que lembra ciclovias e extensões de calçadas, largos e praças em tantos lugares pelo mundo e também em algumas cidades do Brasil (no segundo caso). Embora o logo possa ser aplicado todo em preto, ou preto e cinza, essa escolha faz um elo com nossa identidade atual e nos dá uma neutralidade em relação ao vermelho clássico das nossas ciclovias ou dum previsível verde-amarelo que hoje infelizmente viraram marcas partidária-ideológicas e que tem tornado o diálogo tão difícil em tempos de polarização político-social acirrada.

Os pedais trazem riscos que são marcas de movimento, esse que é o próprio deslocamento com a bicicleta e que nos dá equilíbrio. Movimento é também o que somos enquanto UCB e como queremos seguir.

Sabemos que toda mudança de marca é um processo sensível, sobretudo quando se trata de um símbolo que representa uma instituição formada por tantas e tão diversas associadas – pessoas e outras instituições, e temos consciência de que é necessário um tempo, como em tudo na vida, para nos acostumarmos à mudança, com o novo.

Esperamos que vocês, que acompanham a UCB de perto ou longe, a recebam com a alegria, de corações abertos e prontos para fazer dela seu melhor uso, como parte da UCB que todas e todos aqui o são.

Estamos felizes com o resultado, confiantes e convictas de que é uma marca forte, fora do lugar comum e que poderá nos representar bem pelos próximos 10 anos, pelo menos.

Vamos fazer, aos poucos, a mudança da identidade visual nas nossas mídias sociais e site.

Seguimos, renovadas e confiantes!

CLIQUE AQUI ou na imagem abaixo para ver as aplicações do novo logo da UCB. É possível acessar mesmo sem estar online ou possuir uma conta no Facebook.

17990192_765390070282210_242108190850873846_o

Share Button